terça-feira, 16 de outubro de 2012

Look do fim de semana - Domingo de Sol!


Olá!!
Domingo aqui em Porto Alegre estava um céu tão limpo e azul, com sol e ao mesmo tempo fresquinho. Um dia perfeito!!
Eu e minha família fomos almoçar fora para aproveitar esse dia.
Para me vestir com conforto e elegância, coloquei um shorts de oncinha que não consigo usar no trabalho porque é muito curto, então só resta usar no findi hehehehe.
Como estava quente, coloquei uma regatinha de um tecido molinho e transparente (não sei o nome do tecido, sorry =D) rosinha clarinho, e como estava um ventinho fresco, coloquei um blusão de tricot que não é tricot. Não sei explicar, mas são fios entrelaçados que não desfiam, não é perfeito? Tecnologia gringa da H&M hehehe.
Para acompanhar, duas pulseironas só de um lado, brinquinho de pérola e um colar crucifixo de madeira. Não gosto de sobrecarregar nos acessórios, a menos que a roupa não tenha brilho próprio.
Para completar, óculos New Age preto, uma bolsa de franjas camelo e um oxford bege também. Fui toda "amarronzada" kkkkk.
Tá, mas brincadeiras a parte, eu gostei da combinação. Ou ficou overacessorized?








Regatinha: H&M | Shorts: Forever21 | Blusão: H&M | Bolsa: TkMaxx | 
Oxford: Penneys | Acessórios: Forever 21 | Óculos: Penneys

No fim tive que tirar o blusão e fiquei só com a blusinha levinha. Olha, esse look estava MUITO confortável, achei perfeito para estar confortável e bem vestida em uma viagem onde se caminha bastante, por exemplo.

Curtiram?

Beijocas e até mais!
segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Candem Town em Londres - um mundo à parte

Resolvi escrever sobre Candem Town em um post separado, pois além de ser nosso último ponto de visita, merece ser visto à parte.
Sempre ouvi falar de Candem Town mas nunca dei muita bola, apenas pensei: quando for a Londres, irei a Candem Town, mas nem sei porquê.
Bom, fui a esse lugar sem saber muito o que esperar, só sabia que era um bairro alternativo.

Pegamos o metrô e paramos na estação desse bairro, o vagão estava cheio e 90% das pessoas saíram nessa estação (tudo turista que nem eu) hhahaha.


Bom, quando saímos e demos de cara com aquela rua cheia de lojas punk e de roupa alternativa, meu pai exclamou: "ihh vamos voltar, vamos voltar". Meu pai é uma pessoa super exigente e só vai em lugares de "nivel" superior, que apresentem no mínimo beleza estética e bom atendimento do lugar. Ele se arrepiou quando viu a rua hueheuhuheuehe.


Mas seguimos em frente.
E andando lá pelo meio fomos descobrindo as feirinhas, as barraquinhas de comida internacional, as lojas esquisitíssimas (mas que valem a visita).




Até que fomos entrando em umas feiras meio cobertas, e entrando e entrando, e a feira NÃO ACABAVA MAIS! Sério! Começamos a nos impressionar com a profundeza daquilo, parecia um labirinto temático. O mais legal é que quanto mais para dentro a gente ia, mais lojinhas interessantes encontrávamos!














Tinha loja de camisetas alternativas, de discos, de objetos antigos, de livros, de pôsteres, de roupas rocker, de roupas delicadas (cheias de renda), banquinhas de comidinhas gostosas, de brinquedos alternativos, de objetos decorativos MARAVILHOSOS!!!
Aiai! Quem me dera se eu conseguisse levar pra casa tudo o que eu queria comprar lá. Objetos decorativos super estilosos era o que eu mais gostei! Umas poltronas de fios, uns objetos metálicos, abajures estilosos... ufa! Mas isso infelizmente não cabia na minha mala. Nem os livros, nem os quadros, nem as malas antigas maravilhosas que encontrei.
Acabei comprando lá na loja de brinquedos alternativos um conjunto de quebra-cabeças 3d de um soldado inglês. Mostrarei em breve aqui. =)



Além dessas milhares de lojas maravilhosas, as comidas de todas as partes do mundo eram encantadoras. E a decoração do local lembrava um estábulo, com muitos cavalos, um "operador de estábulo" (existe isso? rs) andando pra lá e pra cá fantasiado, e muita gente diferente perambulando por lá. Amo isso! Esse povo todo louco e diferentão hahaha. Me diverti pra caramba por lá!





E adivinha? No final meu pai ficou absolutamente encantado e maravilhado com o que ele viu lá! Mas realmente são muitas preciosidades escondidas por trás de um lugar feinho e bagunçado, mas que dessa forma desengonçada se torna rico.



No fim, saímos e vimos um canal onde passavam barcos e em volta havia uma praça de alimentação lotadérrima de gente. Estava quente e terminamos o passeio com uma boa PINT (que é 500ml de cerveja num copo, conhecido pra gente como CHOPE) gelada em um bar de lá.



Agora sério, aconselho a todo mundo que passar por Londres, que passe uma tarde em Candem Town. Vale a pena!

Se alguém quiser ver melhor como é, achei um vídeo que mostra mais ou menos tudo o que tem lá (o vídeo não é meu):



Quem aqui já foi a Candem Town?
Quero respostas ein?
Beijocas! XD




quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Look do dia: Navy Mode

Olá meninas!
Hoje vim postar um look que usei ontem, para trabalhar.
Sempre busco ir com roupas confortáveis, pois tenho a pele sensível e fico irritada se ficar sentada por muito tempo.


Por isso quase sempre uso shorts, saias, vestidos ou calças larguinhas.

Nesse caso, coloquei uma calça "chino", que eu acho lindas!
Essa eu comprei na Penneys, em Dublin, e é de cor azul marinho.
Para combinar, achei bacana uma blusa listrada azul e branca com um detalhe em vermelho. E para completar, uma bolsa e um echarpe vermelhos.
Nos pés, um mocassim marrom pra combinar com o cinto, e um brinquinho de âncora, pra ficar mais navy ainda! hahahaha






Blusa: Penneys
Calça e cinto: Penneys
Bolsa: H&M
Sapatilha: Penneys
Echarpe: Penneys

Gostaram do look? Bem casual né?
Beijocas!
quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Londres - Terceiro dia



Bom dia!!
Continuando hoje o relato do terceiro e do quarto dias de viagem para Londres.
Acordamos cedinho e saímos para caminhar pelo bairro em que dormimos. Foi ótimo para conhecer como vivem as pessoas que moram em Londres.
A primeira parada após sairmos da casa, foi passar para ver as estações de trem Kings Cross e St. Pantras.

Casa onde paramos: muito fofinha!

Pai e mãe na estação Kings Cross.

Pra quem não sabe, a Kings Cross Station é a famosa estação de trem do livro Harry Potter. Fiz questão de ir conhecer porque leio Harry desde os meus 12 anos e amo essa coleção de livros! Nessa estação é onde fica a plataforma 7/8 , ou em inglês 9 e 3/4, por onde os bruxos entram para pegar o trem para Hogwarts.


 Estou indo Harryyyyyy!!!

  Mas a estação em si é um caso à parte. Achei super linda e moderna! Mas para quem pretende visitar a plataforma do Harry como eu, saiba que essa parte fica LONGE das plataformas verdadeiras (ao contrário do que eu pensava). Ela fica numa parede no último andar, e, claro, é puramente decorativo. Você vê de longe um bolinho de gente tirando foto numa parede e já sabe que é lá rsrs.

Aí saímos e atravessamos uma quadra, e do outro lado da rua estava a outra estação, a St. Pancras Internacional (é ali que se pega os trens para outros países - muita emoção ver aqueles trens gigantes de 2 andares).

 Estudantes viajantes esperando para embarcar do lado de fora da estação. Me imaginei no lugar deles.


 Estação St. Pancras Internacional


 Um curioso prédio no meio do caminho =)


Mãe na St. Pancras

 Eu, meu Iphone e os trenzões lá atrás


Estação St. Pancras


Mini loja de brinquedos na estação

 Numa das estações de metrô e suas escadas mega profundas!

 Taxi temático. Love it!

Após sairmos de lá, pegamos o trem em direção à London Tower, mas descemos antes e resolvemos caminhar ao redor novamente. Estava um dia tão lindo e ensolarado que tive que aproveitar e tirar mais fotos!





O prédio da foto acima é o Shard, o maior prédio da Europa (ainda em construção) com 310 m de altura, em forma de pirâmide. Achei incrivel esse projeto, principalmente sabendo que serão apartamentos, lojas, escritórios, hotel e restaurantes.



Depois de passar pelo Shard, fomos direto para a London Tower.



 A London Tower foi uma das coisas que mais me encantou em Londres, pela história que ela carrega. É um castelo ENORME, cheio de torres, em que primeiramente serviu de moradia para a monarquia, e ao longo do tempo virou prisão, local de tortura e hoje é o local onde se guardam as jóias da coroa real.
 A expressão "Send him to the Tower" é daqui. Mas essa prisão foi principalmente para prisioneiros especiais. Nesse lugar foram mortos muitos prisioneiros, inclusive reis. É super interessante ver eles contando a história de como alguns dos prisioneiros morreram. Shakespeare chamava a torre de Torre Sangrenta. Porque será? heehe

 Entrando na torre!


 Eu e o guia que nos levou para um tour interno


Os guardas da torre

 Uma das paredes das torres, onde os prisioneiros ficavam. Essas marcas são as originais da época desses prisioneiros, que "riscavam" as paredes para contar suas histórias.


  White Tower

 Uma antiga lenda dizia: “Se os corvos deixarem a Torre de Londres, o Reino ruirá”. Preocupado com a coroa, Charles II, filho do decapitado Charles I e primeiro rei desde o período de exceção, decretou que os seis corvos da Torre de Londres teriam proteção e cuidados permanentes. Melhor prevenir.


 Local onde muitas pessoas foram mortas decaptadas.

 Marca real no meu ingresso.

 Após passarmos a tarde na Torre até sermos expulsos, fomos então para a Oxford Street, para a Piccadilly Circus e conhecemos algumas lojas famosas e jantamos por lá. Hehehe

 Passeio na loja de brinquedo Hamley's


Vassoura do Harry! Eu quero!

  Rainha de Lego!

 Piccadilly Circus


 Uma foto do Subway tinha que ter né!






 Fotinhos de mais umas lojinhas: de Suvinir, do M&Ms....







No fim do dia, jantamos em um restaurante na Piccadilly Circus e, claro, voltamos cansadérrimos pra casa.
Fim do terceiro dia! Hehehehe
Nossa quanto texto e que post comprido né! Mas é necessário par contar tudo. =)

Gostaram?
Alguém já conhecia esses lugares?

Beijocas!








Related Posts with Thumbnails

Search

Carregando...

Quem Sou Eu?

Receber atualizações do blog por e-mail:

Seguir com Bloglovin

Follow My Cherry World

Seguidores