domingo, 8 de fevereiro de 2015

A SAGA DA BUSCA PELO OBSTETRA

Oiee, tudo bem?
Hoje vim contar pra vocês como foi para encontrar a minha atual obstetra.
Eu particularmente achei bem difícil, e vou explicar pra vocês resumidamente aqui embaixo. Para saber mais, vejam os dois vídeos (que ficaram longos, mas explicam todo o processo).



Bom, eu moro em Porto Alere, RS. E meu plano de saúde é um dos servidores públicos do estado do RS, o IPE-RS (porque minha mãe é professora estadual aposentada). Este plano sempre me supriu SUPER bem, nunca tive o que reclamar mesmo, até diziam ser melhor que Unimed e afins.

Porém, descobri que não é bem assim para a área de Obstetrícia.

O que acontece? O IPE não está pagando bem os obstetras, e também não manteve sua tabela de exames cobertos atualizada, então muitos exames na área Neonatal não são cobertos por ele. Além disso, o IPE-RS reserva uma cota máxima de 20 pacientes simultâneos atendidos por Obstetra. Isso eu fiquei sabendo porque uma secretária da um obstetra que eu liguei me disse. Liguei para mais de 20 obstetras supostamente atendidos pelo plano (o nome e telefone deles está no próprio site do plano!), e todos me falavam a mesma coisa “só estamos atendendo para obstetrícia as pessoas que já são pacientes anteriores do médico (no caso, ginecologista)”. Como a minha ginecologista já não é mais obstetra há anos, tive que recorrer a um novo médico.

Bom, depois de ligar para toda a lista de obstetras do site, fiquei desesperada ao perceber que não teria médico por plano de saúde, e talvez eu precisasse ser atendida por SUS (Deusulivre!). Sei que para obstetrícia o SUS é muito bom, mas mesmo assim, não queria arriscar MESMO.

Cheguei a ver outros planos de saúde, mas todos tinham carência de 10 meses (oi?).
Bom, após alguns dias pedindo indicações, lendo em fóruns e ligando para clínicas e hospitais, encontrei o primeiro obstetra a me atender por IPE-RS. Não vou dar o sobrenome por questões éticas, e o nome está no vídeo. Eu odiei o atendimento dele, vejam no vídeo no porque rsrs (preguiça de escrever).

Depois, por indicação, encontrei a minha atual médica, a Dra. Márcia Dalmonin Bollis, que esta eu faço questão de indicar o nome, pos estou adorando ser atendida por ela. O problema é que ela só atendia IPE-RS como parte de um pacote da clínica, no valor de R$3500,00. Mas inclui todas as consultas + exames cobertos e não cobertos pelo plano + cursos + consultoria + nutricionista + psicóloga e etc. 

Pensei muito e resolvi fechar esse pacote com ela, pois acho que nesse momento delicado não devemos economizar, e sim nos tratar com carinho e qualidade. O nome da clínica é Priorité, e fica na Av. Carlos Gomes em Porto Alegre.

Bom, esta médica está sendo suuuper ótima comigo, e depois eu vou contar mais sobre as consultas e o posicionamento dela sobre parto normal x parto cesárea.

Mais uma vez, vejam o vídeo que está BEM mais completo.


Um beijão!!

3 comentários:

Fernanda Machado da Silva disse...

Oi,descobri minha gravidez semana passada,e estou passando por esta saga,tb tenho Ipe. Sou de Canoas,ate consegui uma medica pra fazer o inicio do pre natal,mas ela nao poderia me acompanhar no final da gestacao ��.Me desculpa a indiscrição,mas esse valor do pacote inclui o parto?Se nao inclui,quanto seria o parto? Estou muito ansiosa rsrsrs
Abraços,Fernanda

Cristina Cerqueira disse...

Olá! O parto está incluso?

Cristina Cerqueira disse...

Olá! O parto está incluso?

Related Posts with Thumbnails

Quem Sou Eu?

Receber atualizações do blog por e-mail:

Seguir com Bloglovin

Follow My Cherry World

Seguidores